5 livros infantis sobre o tempo | Aletria livro, livro infantil, literatura infantil, ano novo, 2018, livros sobre tempo, tempo, livros infantis sobre o tempo, listas, calandário, O menino que queria virar vento, aletria, o menino maluquinho, peter pan, com o tempo, gabi perdi a hora,

5 livros infantis sobre o tempo

Publicado: 04/01/2018

Arrumar agenda nova, trocar o calendário. Se assustar ao escrever pela primeira vez “2018” em algum documento qualquer. Refazer planos, relembrar o ano anterior. Foi dada mais uma volta completa ao redor do Sol. É tempo de pensar sobre o tempo e sua incansável e irremediável missão de sempre seguir em frente. Para comemorar a entrada de mais um ano, o Blog da Aletria fez uma daquelas listinhas que a gente adora. 




Ficar intrigado com o passar do tempo não é exclusividade de adultos, pelo contrário. Os pequenos também passam bons momentos dando nós na cabeça para entender o tempo e, quem sabe, conseguir dar uma rasteira nele! Na literatura infantil, o tempo é tema constante. Do eterno Chá das Seis de Alice ao tic-tac do Relógio de Vinícius de Moraes. 


José Paulo Paes, em seu livro infantil Poemas para Brincar, assim explicou o que é “Hoje”: o ontem de amanhã ou o amanhã de ontem. Silva Orthoff, em seu clássico infantil Mudanças no galinheiro, mudam as coisas por inteiro imaginou um Sol sem conseguir ir trabalhar - Quer dizer que hoje não vai ter dia? (…) Quer dizer que o pessoal da Terra vai ter duas noites seguidas, sem um dia no meio? 




Darcy Ribeiro, em seu livro para crianças Noções de Coisas, dedicou uma parte especialmente para falar sobre a Terra, os anos e os dias. "É tudo uma confusão amplíssima", conclui Darcy. Pois lá vai nossa listinha, 5 livros infantis que falam sobre o tempo. Boa leitura! 



1) Peter Pan - de James Matthew Barrie 


"Nunca é um tempo longo demais" (Wendy, em Peter Pan)


Quem nunca quis conhecer a Terra do Nunca? Peter Pan, o menino que não queria crescer, é o herói das crianças que brigam contra o tempo. Seu grande inimigo, o Capitão Gancho, também vive fugindo do tic-tac do tempo. Ele foge do som que sai de dentro do crocodilo que, anos antes, havia engolido sua mão junto com seu antigo relógio. Pensando bem, todos nós fugimos do tempo. Escrito em 1904 como uma peça de teatro, Peter Pan virou livro já em 1911. De lá pra cá a história já passou por várias adaptações para o cinema e em diferentes publicações. 



________________________________________________________________________________________________________



2) O Menino Maluquinho - de Ziraldo (Ed. Melhoramentos)


E aí o tempo passou. 

E, como tudo no mundo, 

o menino maluquinho cresceu.

Cresceu e virou um cara legal!




Crescer pode ser espantoso. Ler O Menino Maluquinho quando o tempo está passando e você está crescendo, é reconfortante. O menino maluquinho não conseguiu parar o tempo, mas virou um cara legal, um cara muito legal mesmo!


Em uma das cenas da adaptação do livro para o cinema, o narrador revela: Ah! Que grande mistério o jeito que o menino tem de brincar com o tempo, sempre sobre tempo pra tudo. O Tempo? Que amigão. Seu ponteirinho das horas, vai ver é um ponteirão. O tempo para ele faz horas, horas a mais. Assista no vídeo abaixo esse trecho do filme, onde o menino sonha ao som da “Valsa do Tempo”.  





________________________________________________________________________________________________________



3) O Menino que queria virar vento - de Pedro Kalil (Ed. Aletria) 


Isso é pro menino 

que queria virar vento.


Dissolver,

sumir e,

ainda assim,

estar em todo lugar.


Ele tinha uma amiga

que morava muito longe.


Longe, longe,

tão longe,

que pés normais nunca poderiam alcançar


Que asas comuns não podiam voar.


Que nada podia ajudá-lo

a esperar para chegar. 




Esse livro é sobre saudade, sobre distância, sobre o tempo. Pedro Kalil, autor da obra, já dá o tom na dedicatória: "Para aqueles que sentem que as amizades e o vento burilam o tempo. Amigos são como pólens levados amiúde e fazem a permanência e o novo” . Bonito né? Em O Menino que queria virar vento tempo e espaço (como já disse Einstein na Teoria da Relatividade) viram uma coisa só. Quanto mais rápido o menino se desloca, como o vento que está em todos os lugares, mais tempo o menino tem para visitar sua amiga que mora longe, longe. O tempo vira a outra face do espaço.



ilustras de Luisa Helena Ribeiro.

________________________________________________________________________________________________________



4) Com o Tempo - de Isabel Minhós e Madalena Matoso (Ed. Planeta Tangerina)


Com o tempo

algumas plantas,

se não regarmos, 

morrem.


A fruta,

se não comermos,

apodrece.


“Com o Tempo” é simples e bonito como cada dia que é sempre um novo dia. O livro, indicado já a partir dos bem miudinhos, apresenta uma sequência de situações cotidianas que ilustram a passagem do tempo, a transformação das coisa, a permanência e a inevitabilidade.



________________________________________________________________________________________________________



5) Gabi, perdi a hora! - de João Basílio (Ed. Lê)


_Meu pai perdeu a hora hoje! O senhor sabe onde ela pode estar?

_Olha, achar uma hora perdida é uma coisa muito complicada…


“Perder a hora”, “Não ver a hora passar”, “As horas passam voando”, “dar tempo ao tempo”, “Atrás do tempo, tempo vem”. O tempo é presença e mistério constantes. Por isso mesmo, esta presente em ditos, provérbios e expressões populares. No livro Gabi, perdi a hora! a protagonista sai em busca da hora que seu pai perdeu ao se atrasar para o trabalho. 


ilustras de André Neves.


Voltar