9 dicas para mediar a escolha de um livro infantil | Aletria blog da aletria, aletria, mediação de leitura, livraria, biblioteca, compra de livros infantis, como escolher livros infantis?, educação, literatura, livrarias infantis, bibliotecas infantis

9 dicas para mediar a escolha de um livro infantil

Publicado: 17/04/2018

Em abril comemoramos duas importantes datas de nosso calendário de efemérides: o dia internacional do livro infantil (comemorado no dia 2, data do nascimento do escritor Hans Christian Andersen) e o dia nacional do livro infantil (comemorado no dia 18, data do nascimento do escritor Monteiro Lobato). E a Aletria está em festa. O mês inteiro com especiais sobre mediação de leitura em nosso blog e um descontaço de 40% em toda nossa loja virtual.


Na última semana, publicamos um especial com dicas preciosas para a mediação de leitura de contos tradicionais. Desta vez, nosso especial é sobre um momento nem sempre fácil: a mediação da escolha de um livro. Como mediar a decisão do pequeno leitor? Como ajudá-lo a se orientar entre tantas capas, cores, letras e traços? Nosso blog trouxe uma listinha de 9 dicas com algumas orientações para pais e responsáveis. Bora lá? 



Livraria Corre Cutia - Belo Horizonte / foto: Na Pracinha


1) Para mediar a escolha de livros pelas crianças, se oriente mais pela razão por que a criança está lendo do que pela idade do pequeno leitor.



2) Para mediar a escolha de livros pelas crianças, procure criar o costume de visitar espaços de leitura, bibliotecas e livrarias com as crianças. Para desenvolver autonomia e consciência de escolha, o pequeno leitor precisa criar repertório, ter vivência e proximidade com diferentes leituras e possibilidades do objeto “livro”. Nas bibliotecas e livrarias, nós, assim como as crianças, descobrimos incríveis leituras inesperadas. 



3) Para mediar a escolha de livros pelas crianças, procure boas bibliotecas e livrarias. Obras visíveis e acessíveis à manipulação dos pequenos e espaços confortáveis de exploração dos livros são importantes para o processo de construção de seus critérios de escolha, gostos e autonomia. Ambientes assim permitem que qualquer leitor, incluindo as crianças na primeira infância, se orientem facilmente.Quando as crianças são bem pequenas, é importante que os pais ou responsáveis acompanhem de perto essa exploração. 



Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte.


4) Para mediar a escolha de livros pelas crianças, crie, se for o caso, uma seleção prévia de 5 ou mais livros e deixe que o pequeno leitor escolha livremente a partir dessa seleção. Busque diversidade na sua seleção. 



5) Para mediar a escolha de livros pelas crianças, independente do modo como você conduza e oriente a escolha de livros pela criança, respeite a decisão que ela tomou. É comum que pais desconsiderem escolhas das crianças com diferentes argumentos. “Esse livro não é para sua idade”, “esse livro tem muito texto”, “esse livro tem pouco texto”, “esse livro tem muita imagem”, “esse livro tem pouca imagem”, “esse livro não vai te interessar” são argumentos que podem atrapalhar a construção de critérios de escolha e autonomia do pequeno leitor. 



Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte.

6) Para mediar a escolha de livros pelas crianças, entenda que os livros permitem várias leituras. Cada leitor, a depender de seu amadurecimento e de suas experiências, irá apreender a história narrada a seu modo. Os bons livros sabem trabalhar bem essas lacunas de entendimento, acompanhando o leitor ao longo de seu crescimento e permitindo novas interpretações a cada releitura. O bom livro cresce junto com o leitor.



7) Para mediar a escolha de livros pelas crianças na primeira infância, seja observador.  Quando as crianças frequentam bibliotecas ou outros espaços de leitura, há sempre aqueles livros que elas querem pegar emprestados e que nunca querem devolver. Esse é o livro que ela quer ter em casa para ler e reler.  


Livraria El Bosque de La Maga Colibri - Espanha.


8) Para mediar a escolha de livros pelas crianças, conte com a ajuda de bons livreiros e bibliotecários. Esses profissionais tem papel importantíssimo na orientação e apresentação de possibilidades de leituras, ajudando os pais e responsáveis a conhecerem melhor toda a diversidade da literatura infantil. 



9) Para mediar a escolha de livros pelas crianças, realimente o seu repertório de literatura infantil.  A escolha dos livros infantis feita pelos pais costuma ou responder a uma inquietude ou situação que estão passando com seus filhos, ou ser orientada por aquelas histórias que os pais gostavam quando eram crianças. Esses dois critérios eliminam muitas possibilidades de leituras maravilhosamente inesperadas. Daí a necessidade de exploração de leituras também por parte dos pais, responsáveis e mediadores. Conheça e se deixe apaixonar por toda a diversidade possível dentro do universo da literatura infantil. Compre livros infantis para você. Seja também um leitor de literatura infantil. 


_____

Parte das dicas acima foram adaptadas de ensinamentos da livreira Lara Meana, especialista em literatura infantil e juvenil e ministrante do curso "Arte, palabra y lectura en la primera infancia" do Laboratório Emilia de Formación. 


Voltar