tapeçaria, contação de histórias, Os Tapetes Contadores de Histórias, Arte, Têxtil, Teatro, cursos, oficinas, Aletria, rpilleria, Gabbeh, Quilts

A Tapeçaria na contação de Histórias

Publicado: 10/07/2017

Você sabia que há muitos e muitos anos a tapeçaria é utilizada na arte de contar histórias? Inspirado na contação de histórias com diferentes técnicas de tapeçaria, o grupo carioca "Os Tapetes Contadores de Histórias" pesquisa e recria novas formas de contar histórias com painéis e cenários têxteis. Do dia 17 ao dia 20 de julho, o Instituto Cultural Aletria irá receber o ator e contador de histórias Warley Goulart, coordenador do grupo, para a (MA-RA-VI-LHO-SA) oficina "Ateliê de Histórias". 

Criar e utilizar tapetes ou painéis de tecido como cenários para narração oral é uma manifestação popular recorrente em diversas culturas e em distintas épocas da história da humanidade. Desde a antiguidade, podemos encontrar narrativas que envolvem tapete e oralidade, têxtil e texto, como o mito grego de Filomena (séc V a.C.) que, raptada pelo cunhado e impedida de falar, tece um grande tapete para contar à irmã as maldades do marido e obter justiça.

E não é só Filomena que recorreu à tapeçaria para contar histórias. Do Irã aos Andes, da América do Norte ao Nordeste brasileiro, diferentes são às técnicas encontradas para criar painéis têxteis tradicionalmente utilizados para a contação de histórias. Abaixo, o Blog da Aletria traz alguns exemplos desses tapetes que com diferentes texturas, cores e padronagens são costurados com o mesmo fio, o fio da história.

Arpillería Andina:



Quilts da tradição colonial norte-americana:



Gabbehs Iranianos:


Estandartes do Nordeste Brasileiro:


_________________________________________________________________________________

Mais informações sobre a oficina:


Ateliê de histórias - Oficina de formação com Os Tapetes Contadores de Histórias

Data: de 17 a 20 de julho (seg a qui), das 19 às 22h

Carga-horária: 12h

Público-alvo: Jovens e adultos, a partir de 14 anos. Contadores de histórias, professores, artistas, arte-educadores, psicólogos, sociólogos, arte-terapeutas, pais e avós.

Ementa: Intercalando teoria e prática, Ateliê de Histórias é uma oficina de formação de contadores de histórias, onde os participantes passam por uma série de dinâmicas em torno das práticas narrativas, análise da estrutura e espacialidade dos contos e criação de suportes plásticos para contar histórias. Ministrada pelo artista e cofundador do grupo carioca Os Tapetes Contadores de Histórias, Warley Goulart, a oficina é um intensivo deste processo de 19 anos de projeto de arte e incentivo à leitura, cujas obras mesclam oralidade, teatro e artes visuais. 

Professor: Warley Goulart é ator, contador de histórias e artista plástico, formado em Artes Cênicas pela UniRio e especialização em Literatura Infanto-Juvenil pela UFF. Há 19 anos participa e coordena o grupo carioca Os Tapetes Contadores de Histórias, referência no Brasil e exterior na arte de contar histórias. Desde 1998, o grupo cria e se utiliza de tapetes e outros recursos de tecido como cenários de contos populares de origens diversas e consagrados escritores nacionais. Sua pesquisa envolve o diálogo entre oralidade e artes visuais,intersecções entre texto e têxtil e manifestações plásticas que os povos criam como cenários para suas narrativas. 

Valor da inscrição: R$280,00 (duzentos e oitenta reais)

Voltar