A arte de contar histórias | Marcelo Oliveira | Aletria

A arte de contar histórias | Marcelo Oliveira

Publicado: 01/12/2016

... e a última história

Respeitável público!

Hoje é a última oportunidade para se enfeitiçar... A Turma B, do 11º módulo do curso "A arte de contar histórias" sobe ao palco e coloca em prática todas as magias aprendidas nos últimos meses. Vai ter muita contação de histórias e fantasia, minha gente!

E nós convidamos o Marcelo Oliveira, um dos alunos deste último módulo, pra dar uma palinha aqui para o Blog da Aletria:

Marcelo Paschoal

Professor e poeta 

Sou poeta, formado em Letras e professor de literatura brasileira para alunos do ensino médio . Gosto de ler poesias e literatura de cordel. O desejo de aprender novas técnicas para a promoção dos textos literários foi o que me motivou a fazer o curso.

A cada semana vivemos momentos incríveis na escola. O curso é divertido e desafiador. As histórias criadas e recriadas se esbarravam pelas leituras e vivências a cada semana. Uma delas foi a contação da história “fita verde no cabelo” de Guimarães Rosa pelo aluno Bueno. Foi tão real que ficamos emocionados. Foi um exemplo claro de que as palavras são mais do que sons! São segredos descortinados e semeados no coração. Seja rindo ou chorando as palavras cantam versos e contam histórias.

Até onde pude perceber o contador é antes de tudo um observado. É alguém que precisa aprender a explorar seus limites, a enxergar a história por trás da letra, a descobrir o lúdico nas histórias vividas. É alguém que depois de apropriar-se da história lida, falada, escrita, contada e doada a faz brilhar, reacender o  encanto como se estivesse sendo contada pela primeira vez!

Por enquanto, e só por enquanto, a contação levou-me aos corações de gente querida e aos olhares amigos. Mostrou-me campos verdes a serem explorados e chamou-me ao caminho das princesa e castelos, das bruxas , vassouras e caldeirões. Convidou-me as estradas reais e florestas encantadas, ao caminho dos homens e dos pássaros multiformes e coloridos… revelou-me um mundo novo de possibilidades.

Relembrando: A Turma B se apresenta hoje, às 19h, na Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte, no Centro de Referência da Juventude - Praça da Estação. O baú tá cheiiiiiiinho de histórias, minha gente! Uma noite inteira pra se encantar.

A entrada é franca, chega mais! 

Voltar