Barbazul: que livro foi esse!? | Aletria barbazul, charles perrault, barba azul, anabella lópez, contos tradicionais, recontos, contos de fadas, aletria, literatura infantojuvenil, livro infantil e juvenil, livro ilustrado

Barbazul: que livro foi esse!?

Publicado: 16/02/2018

A obra Barbazul (Ed.Aletria), escrita e ilustrada pela vencedora do Prêmio Jabuti Anabella López, já começou 2018 colecionando reconhecimentos, prêmios e seleções. Nesse livro, Anabella reconta subversivamente a tradicional história de Charles Perrault, "Barba Azul". Um baita livro! E não é só a gente que está falando. O Blog da Aletria preparou um post com as principais chancelas conquistadas por essa obra recém-lançada. 

Selo Distinção do Prêmio Cátedra Unesco de Leitura



Os super especialistas da Cátedra Unesco de Leitura PUC‐Rio não pestanejaram: concederam o selo distinção 2017 para o Barbazul! No site da premiação, Barbazul assim foi resenhado: 

"Há muito tempo, um homem rico, conhecido por sua barba azul e por causa dela repelido, encena uma pequena tragédia em torno da condição feminina.  Uma de suas vizinhas, astuta e interesseira, lhe oferece uma das filhas que, inicialmente, reluta em aceitá-lo, também por conta do mistério que o cerca. Qual seria o segredo? Para a releitura deste conto clássico, a autora-ilustradora lança mão da força das imagens para recontar a conhecida história de Perrault. As escuras ilustrações reforçam o clima de suspense que envolve a personagem e o destino da jovem que o desposa. Ao final, um adendo à história comove e alerta contra a violência que ainda hoje sofrem as mulheres."


Os 10 melhores de 2017 por A Cigarra e a Formiga 

Taí! Barbazul entre os 10 melhores de 2017 na seleção do "A Cigarra e a Formiga". E a gente adora esse blog! Um capricho. Além de "Barbazul", o clássico de Tomi Ungerer "Adelaide" (Ed. Aletria) também conquistou sua vaga nesse top 10. A blogueira Daisy assim descreveu nosso Barbazul: 

"Barba Azul todo mundo já conhece: é o mais terrível dos personagens de Charles Perrault, o nobre que mata a esposa por sua curiosidade. Uma história que sempre me intrigou, me despertou medo e também…curiosidade. Pois “Barbazul” (assim mesmo, tudo junto) traz o conto adaptado e ilustrado por Anabella López – e juro, é de arrepiar! Especialmente interessante é que aqui a artista argentina toma a liberdade de inverter a moral criada por Perrault. O conto em si é o mesmo, mas o desfecho traz uma nova reflexão. Se para ele a curiosidade da protagonista é seu defeito maior, para Anabella é o que a liberta. Não sem antes aterroriza-la – e a nós, leitores também, vale dizer. Um livro assustador como uma boa história de terror deve ser – e também emocionante, uma comovente homenagem a mulheres vítimas de violência e opressão. Precisa dizer mais?"


Resenha do Veredas do Texto


O pessoal do "Veredas do Texto" também caiu nas graças de Barbazul. Tanto foi que a professora e blogueira Regiane Boainain preparou um vídeo minucioso para contar um pouco sobre o seu contato com a obra de Anabella López. Confira!


"Os contos de Perrault sempre me chamaram a atenção. Entretanto, o Barba Azul mostrava-se ainda mais atraente. Apesar de não ser, no Brasil, o personagem mais conhecido da grande variação de seres que passeiam pelos bosques ou castelos dos contos maravilhosos, Barba Azul, de Charles Perrault, é fascinante por abrir portas para se pensar na mentalidade da época e o que isso respinga na condição da mulher atual.


Assim como a esposa, que descobre o seu lugar iminente ao abrir a sala proibida, a leitura desse conto me é bastante epifânica, pois permite repensar o lugar, historicamente, deixado à mulher. É impossível não se horrorizar com a inversão do conto de Perrault. Como tamanha violência pode ser “justificada” na moral por um comportamento “impróprio” da mulher? Silêncio, obediência e passividade eram os ensinamentos do conto? Quando encontrei Barbazul, de Anabella Lòpez, nas estantes da livraria não me contive e trouxe para casa." 



Seleção do Clube de Leitores A Taba


A Taba é uma empresa especializada em curadoria de livros infantis e juvenis. Sua equipe, formada por um grupo independente de especialistas em literatura infantil e juvenil, já desenvolveu projetos em parceria com o Instituto Natura, o United Way Brazil e com o Instituto Brasil Solidário. A Aletria ficou muitíssimo feliz com a seleção de Barbazul para o mês de outubro de 2017 no Clube de Leitores A Taba




Outros reconhecimentos

E a lista de reconhecimentos, seleções e premiações de Barbazul não pára por aqui. Não mesmo! Foi muito gratificante para a Aletria ver tantos leitores e leitoras falarem com tanto entusiasmo sobre a obra de nossa querida Anabella López. O Mergulho Literário (que colocou Barbazul nos top 5 de 2017), o Blog do Livrinho, o Mar de Histórias, o Coisas da Lara, o Kids In Door, entre outros blogs e páginas que se dedicam à literatura infantojuvenil também destacaram nosso Barbazul. E essa listinha vai só ó, crescer!


____________________________


Quer ter o seu Barbazul da premiada escritora e ilustradora Anabella López?

Corre AQUI na lojinha da Aletria. ;) 









Voltar