O Instituto Cultural Aletria, fundado por Rosana Mont’Alverne em 2005, nasceu com a proposta de produzir e desenvolver projetos culturais com foco na literatura oral e escrita. É constituído pela Editora Aletria, especializada em literatura infantil e juvenil; pela Escola de Formação de Contadores de Histórias e Mediadores de Leitura e pela Produtora Cultural - o Instituto também produz espetáculos narrativos e eventos literários para escolas, órgãos públicos e empresas.

Na área de produção cultural destaca-se o projeto Conto Sete em Ponto, criado em 1998 por Rosana de Mont’ Alverne Neto, e considerado o projeto mensal de contação de histórias mais antigo em Minas Gerais. Em 2007, nasceu mais um projeto: Feira de Histórias. Todos os sábados, na praça Tom Jobim, em BH, entre 2007 e 2013 foram apresentados espetáculos gratuitos de contação de histórias. É importante destacar que graças ao projeto a Feira Tom Jobim foi revitalizada, a população voltou a frequentá-la e os feirantes voltaram a ter as vendas aquecidas.

Em parceria com a Prefeitura Municipal de Ouro Preto e a Prieto Produções, a Aletria realizou, em 2010, o Montanhas de Histórias - Simpósio Internacional de Contadores de Histórias, principal evento do país dedicado à narração de histórias, que foi realizado durante 12 anos no Rio de Janeiro.

Desde sua fundação, em 2005, a escola de formação de contadores de histórias da Aletria formou mais de 500 contadores de histórias. Em 2012, a Aletria criou mais um importante projeto de formação de educadores e incentivo à leitura: Festa no Céu. Na primeira edição, o Festa no Céu formou 60 educadores de 10 escolas da região do Barreiro, em Belo Horizonte e atendeu mais de 640 crianças nas oficinas “Dobraduras e literaturas” e “Histórias com trecos, objetos e cacarecos” e levou 20 espetáculos de narração de histórias para mais de 3 mil crianças, além de ter realizado um seminário para 270 educadores.

Em 2015 criamos o projeto Dia da Alegria, que é um dia inteiro em praça pública com programação intensa para as crianças e pais se divertirem e se encantarem com histórias, shows, oficinas, brincadeiras e muito mais.

Em 2016 mudamos de sede e passamos a ocupar uma das praças mais charmosas de BH no também charmoso bairro Floresta. É aqui, na Praça Comendador Negrão de Lima, que será realizada a 2ª edição Dia da Alegria. Na nossa nova sede também intensificamos a programação de cursos voltados para a formação de leitores e profissionais do livro.